VER & OUVIR COMPLETA CERCA DE 20.000
PROCEDIMENTOS/ATENDIMENTOS
PR - OSCIP Ver & Ouvir realizou atendimentos entre os meses de março e maio nas escolas municipais de Paranavaí. O sub-convênio com a Universidade Federal do Paraná permitiu os atendimentos em Otorrinolaringologia e Oftalmologia. A OSCIP manteve sob contratação direta os profissionais de fonoaudiologia (clínica e audiologia) e odontologia. A parceria com a organização AGEPAZ viabilizou os diagnósticos de psicopedagogia com as crianças já avaliadas pela Fonoaudiologia Clínica.

Como partes das soluções às patologias diagnosticadas foram doados óculos, medicamentos e ainda exames radiológicos. Foram encaminhadas ainda duas crianças para tratamento cirúrgico no Hospital de Clínicas de Curitiba, graças à parceria entre a OSCIP e a UFPR.

Já foram atendidas pelo Projeto Ver e Ouvir até agora as seguintes escolas: Pedro Real, Getúlio Vargas, CAIC, João Albino, Elza Caselli e Neuza Pereira Braga, Dácia Figueiredo Fortes, Noêmia Ribeiro Amaral, e já iniciadas a Rotary Arenito e Isbela Felippe (ainda sem as estatísticas fechadas).

No total parcial, foram executados de dezembro até maio mais de 20.000 procedimentos/atendimentos. Todavia, parte destes foi realizado em períodos de férias o que comprometeu muito a produtividade, porém com grande esforço dos parceiros para que fossem viabilizados.

 
   

AMAPORÃ É O PRÓXIMO MUNICÍPIO
PR - O município de Amaporã, localizado na região Noroeste do Paraná é o próximo a entrar para o plano de atendimentos da OSCIP Ver & Ouvir.
A cidade de cerca de 5.000 habitantes fica a 30 quilômetros de Paranavaí, cidade pólo onde está sediado o Projeto Móvel Ver, Ouvir & Sorrir nas Escolas.
A prefeita Terezinha Yamakawa visitou a sede da instituição em Paranavaí e reuniu-se com a vice-presidente Rozanna Maya. Terezinha conversou também com alguns profissionais do projeto, como o oftamologista residente da UFPR Doutor José Luiz Ramos e a fonoaudióloga Danielle Arcoverde (foto). Durante o encontro, ficou estabelecido o início dos atendimentos que ocorrerá dentro de uma semana. O termo de parceria entre a OSCIP e o município já está em trâmite na Câmara de Vereadores e passará por análise do departamento jurídico da prefeitura.
Tão logo seja oficializada a parceria, a Ver & Ouvir iniciará a prestar atendimentos de fonoaudiologia, oftalmologia, otorrinola- ringologia e audiologia aos 900 estudantes da rede municipal da cidade.

(Dados: SEDU – Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Paraná)



Rozanna Maya e Prefeita de Amaporã durante o evento do dia das mães realizado sexta, dia 5/05/2005 onde foi lançado publicamente a parceria da OSCIP e o Município.


 
   

Farmácia: alunos da UNIPAR fazem estágio no Oscip Ver & Ouvir
PR - Acadêmicos do curso de Farmácia da Unipar de Paranavaí realizam estágio no Oscip Ver & Ouvir, que atende a crianças do ensino fundamental, através das especialidades médicas de otorrinolaringologia e oftalmologia.
Os atendimentos médicos são realizados em unidades móveis no município. Após os atendimentos, todas as prescrições médicas são avaliadas pelos acadêmicos de Farmácia, com a supervisão dos professores do curso, Geraldo Vicentini (coordenador) e Luciano Kleber da Rocha.
Segundo Vicentini, os acadêmicos estão conhecendo todo o processo, desde a compra de medicamentos, o controle de estoque, até a dispensação dos medicamentos, realizada diretamente para os pais ou responsáveis das crianças atendidas. Atualmente, a dispensação de medicamentos é realizada na Farmácia Progresso, local de estágio dos acadêmicos de Farmácia. “É uma oportunidade extra para aprender a profissão enquanto aluno”, concordam os estagiários Saulo Trizzi e Marcelo Augusto.

“Uma destas parcerias (da OSCIP) é com a Unipar de Paranavaí: o Campus participa do projeto através dos cursos de Farmácia, Enfermagem, Sistema de Informação e Letras”, conta o professor Vicentini.

Os acadêmicos podem acompanhar diversos casos clínicos e auxiliar na orientação correta dos medicamentos receitados pelos médicos do projeto.

Fonte: UNIPAR – 25/04/2005.



   

MOÇÃO DA CÂMARA
A Câmara de Paranavaí publicou em seu informativo do dia 7 de maio a moção nº 004/2005 aplaudindo a OSCIP Ver & Ouvir pelos relevantes serviços que tem prestado aos estudantes da rede municipal de ensino.

 
   

TCE VISITA OSCIP EM PARANAVAÍ
A Ver & Ouvir recebeu na última semana em sua sede de Paranavaí a visita dos técnicos do Tribunal de Contas do Estado do Paraná. Recebidos pela vice-presidente da instituição, Rozanna Maya, eles tiveram acesso as prestações de contas e de execução e constataram in loco a idoneidade do trabalho da Ver & Ouvir. A representante do TCE Daniele Stradiotto reuniu-se ainda com a OSCIP e representantes da prefeitura para verificação de documentos e cruzamento de dados. Daniele após visitar as dependências da sede administrativa e as unidades móveis, elogiou o projeto e classificou a iniciativa da instituição como “única”: “Como cidadã, quero cumprimentar-los pela beleza desse projeto”.



Rozanna Maya e Daniele Stradiotto apreciam documentos na prefeitura.


Daniele e funcionária da prefeitura apreciam documentos.
 
 
   
   

DOAÇÃO DE ÓCULOS:
DESAFIOS NA
PARTICIPAÇÃO DOS PAIS

PR - Foram doados pela OSCIP Ver & Ouvir óculos como solução para as deficiências visuais encontradas durante o diagnóstico oftalmológico. Os alunos das escolas Pedro Real, Getúlio Vargas e CAIC foram os primeiros beneficiados, recebendo 92 doações entre janeiro e abril deste ano. Destas doações, 17 óculos já se encontravam prontos desde o início de abril e os responsáveis só compareceram para buscar semanas depois. Houve falta de participação de alguns responsáveis pelas crianças, que não levaram as mesmas para a aferição de medidas na ótica conveniada ao projeto. Na escola municipal Getúlio Vargas, os pais que compareceram para receber os óculos doados pela OSCIP aproveitaram para agradecer pelo serviço prestado. A diretora Vilma Teixeira (na foto com mãe e filho durante a doação) envolveu-se pessoalmente no sentido de mobilizar os responsáveis por seus alunos durante a realização do projeto em sua escola, o que contribuiu para um bom desempenho – entre fevereiro e maio a Getúlio Vargas recebeu 3.095 procedimentos.


Diretora da Escola Municipal Getulio Vargas, Vlima Teixeira com aluno e responsável durante doação de óculos.

 
   
 
 

Padrinho
Luciano Szafir


:::::::::::: Rio de Janeiro

Presidente
Thais Beraha

Vice-Presidente e Coordenação Nacional
de Projetos

Rozanna Maya

Coordenação Regional
Sebastião Carlos Gulla

Coordenação Administrativa
Jussara Borges

Coordenação Nacional
de Comunicação

Eduardo Rodrigues

Coordenação Nacional
de Teatroterapia

Thais Beraha

Assistente Administrativo
Gutembergue Junior


:::::::::::: Distrito Federal

Sub-Coordenação Nacional
Sérgio Coelho




:::::::::::: Paranavaí - PR

Coordenação Regional

José Edegar Pereira

Auxiliar Administrativa
Lígia Carolina



::::::::::::::::: Newsletter

Redação e Edição

Eduardo Rodrigues e Gutembergue Junior

Edição Gráfica
Eduardo Rodrigues

 

COLABORADORES:


   


É proibida a reprodução do conteúdo dessa newsletter. Todos os direitos reservados.
Copyright © 2005 OSCIP Ver & Ouvir: www.vereouvir.org.br
Caso não queria mais receber essa newsletter envie um e-mail com o assunto REMOVER clicando aqui.